Online braz j nurs

The adaptation process of patients with venous ulcers to treatment with hydrogel: a case study – Preview Note

O processo adaptativo de pacientes com úlceras venosas ao tratamento com hidrogel: um estudo de caso – Nota Prévia 

Milena da Rocha de Andrade¹, Beatriz Guitton Renauld Batista de Oliveira²

1 RN, MsC Student, Professional Master in Nursing Program. School of Nursing, Federal Fluminense University, RJ Brasil. e-mail:mileandrade17@yahoo.com.br; 2 RN, PhD, Teacher of Professional Master in Nursing Program. School of Nursing, Federal Fluminense University, RJ Brasil. e-mail: beatrizguitton@globo.com.

ABSTRACT: This is a research project of the Professional Masters Program Nursing Care of the Universidade Federal Fluminense. Whose goals are to identify situations in which patients with venous ulcers have problems adjusting to his new condition and adherence to treatment with the hydrogel, conducting a survey of nursing diagnoses and provide nursing interventions performed before the event of  adaptation. Qualitative and descriptive nature of this case study. Using as theoretical framework the theory of adaptation of Callista Roy. The research scenario in the sector will be outpatient Wound Repair. At the University Hospital - RJ. The subjects are 15 patients with venous ulcers using the product - hydrogel in tissue lesions. Data will be collected through a semi-structured questionnaire and analyzed starting from themes based on the theoretical model chosen. Results will be published and disseminated in scientific events.

 

Keywords: adaptation, nursing diagnosis, nursing theory, venous ulcer.

RESUMO. Trata-se de um projeto de pesquisa do Programa do Mestrado Profissional Enfermagem Assistencial da Universidade Federal Fluminense. Cujo os objetivos são identificar as situações nas quais os pacientes portadores  de úlceras venosas apresentam problemas de adaptação  à sua nova condição e na aderência ao tratamento com o hidrogel, realizar o levantamento dos diagnósticos de enfermagem e apresentar intervenções de enfermagem realizadas frente as situações de adaptação. Pesquisa qualitativa, de caráter descritivo do tipo estudo de caso. Utilizando como marco teórico a teoria de adaptação de Callista Roy.  O cenário da pesquisa será no setor de ambulatório de Reparo de Feridas. No Hospital Universitário - RJ. Os sujeitos serão 15 pacientes portadores de úlceras venosas que utilizam o produto – hidrogel nas lesões tissulares. Os dados serão coletados através de um questionário semi-estruturado, e analisados apartir de eixos temáticos baseado no modelo teórico escolhido. Os resultados serão publicados e divulgados em eventos científicos.

Palavras-chave: adaptação, diagnóstico de enfermagem, Teoria de enfermagem, úlcera venosa.

SITUAÇÃO PROBLEMA:

As úlceras vasculares vêm se constituindo um grande problema de saúde pública em todo o mundo, sendo responsáveis por considerável impacto econômico devido às elevadas incidências e às prevalências dessas lesões crônicas.(1)  O que acarreta custos elevados, considerando que o tratamento das úlceras venosas são dispendiosos, incluindo na terapêutica a utilização de novas tecnologias de coberturas encontradas no mercado. Outro fator importante é o tempo de reparação tecidual prolongado pela própria patologia o que repercuti muitas vezes em internação hospitalar do paciente, o que poderia ser evitado se houver uma assistência bem conduzida do profissional de enfermagem referente ao manejo das coberturas disponíveis e o acompanhamento integral deste paciente identificando os problemas de adaptação que interferem no processo cicatricial da ferida. Sendo assim, O nível de adaptação indica para a enfermeira que o processo de vida encontra-se integrado, compensatório ou comprometido, levando-se a diagnosticar a situação. A enfermeira deve estabelecer os objetivos, selecionar as estratégias para intervenção e avaliar os resultados comportamentais (2).  Torna-se relevante abordar a referida temática, cuja a meta de enfermagem é a promoção de respostas adaptativas influenciadoras de modo positivo no processo saúde-doença, afim de manter a adesão do paciente ao tratamento podendo assim ampliar os estudos com o benefício de produtos desenvolvidos pela Universidade. O foco é desenvolver um produto de curativo de baixo custo, acessível às condições financeiras do paciente, no entanto, a adaptação do paciente a este novo tratamento é fundamental. Implementando este modelo de adaptação de Roy aos pacientes portadores de úlceras venosas durante o acompanhamento ambulatorial, identificando assim os problemas por meio de investigação com relação os estímulos e respostas à situação vivenciada pela patologia, estabelecendo o diagnóstico de enfermagem e intervindo através do planejamento de cuidados, com o objetivo de alcançar as metas previstas para a reabilitação do indivíduo envolvido neste contexto.

A pessoa é visto como um sistema adaptativo e holístico, este sistema inclui os indivíduos ou grupos (família, organizações, comunidades e sociedades). A pessoa é considerada como estando em contato com o meio ambiente a partir da qual ele recebe estímulos que procura respostas, que podem ser visualizados através do comportamento (3).  

Objetivos

O presente estudo tem como objetivos: identificar as situações nas quais os pacientes portadores de úlceras venosas apresentam problemas de adaptação à sua nova condição e na aderência ao tratamento com o hidrogel; realizar o levantamento dos diagnósticos de enfermagem e apresentar intervenções realizadas frente às situações de difícil adaptação.

Metodologia

Pesquisa qualitativa de caráter descritivo, do tipo estudo de caso.(4) Esta pesquisa faz parte de um projeto ampliado intitulado “Uso de biomateriais no reparo tecidual de lesões tissulares”. Aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal Fluminense, protocolo nº.196/08, CAAE:1908.0154.0.258.000-08. A pesquisa será conduzida no ambulatório de Reparo de Feridas do Hospital Universitário Antônio Pedro no município de Niterói – RJ. Os sujeitos são os pacientes portadores de úlceras venosas que utilizam o hidrogel na realização do curativo a nível ambulatorial. A técnica a ser utilizada para a coleta de dados será a entrevista semi-estruturada e a análise será dicotomizada em eixos temáticos e fundamentado através do conceito da teoria de Callista Roy. Quanto aos aspectos éticos, foi obedecida a Portaria nº 196/96 do MS que regulamenta os critérios para a pesquisa utilizando seres humanos.

A análise seguirá quatro fases:

Fase I: Identificação dos comportamentos e dos respectivos estímulos.

Fase II: Apresentação das situações e dos comportamentos (se adaptativo ou não adaptativo)

Fase III: Quadro de avaliação dos comportamentos

Fase IV: Elaboração dos diagnósticos e Intervenções de Enfermagem

Referência Bibliográfica:

1. Nunes, J.P, et al . Aspectos sócio-demográficos e de saúde dos portadores de úlceras venosas atendidos nas unidades de saúde da família do município de Natal, RN. Revista olho mágico, V.13, nº2, p.689, abr/jul.2006.

2 . Ivo ML, Carvalho EC. Assistência de Enfermagem a portadores de anemia falciforme, à luz do referencial de Roy. Rev. Latino – am. enfermagem 2003 mar/abr; 11 (2): 192 -8.

3. Araújo TL, Pagliuca LMF, Lopes MVO. Historical evolution of the concept environment proposed in the Roy adaptation model. Rev. Latino - am enfermagem 2006 mar/apr; 14 (2).

4. Yin RK. Estudo de Caso: planejamento e métodos. Trad. Daniel Grassi. 3. ed. Porto Alegre : Bookman, 2005. 

Dados do projeto: Projeto de dissertação do Programa de Mestrado Profissional de Enfermagem Assistencial - MPEA-UFF da Escola de Enfermagem Aurora Afonso Costa da Universidade Federal Fluminense. Em andamento. 

Apoio Financeiro a Pesquisa: Metalúrgica Trinca Ferro Ltda. Apoio a mestranda. FAPERJ apoio à Pesquisa Clínica e produção do Hidrogel. 

Orientadora: Profª:Drª: Beatriz Guitton Renauld B. de Oliveira 

Endereço para correspondência: mileandrade17@yahoo.com.br

Aprovado no CEP da Universidade Federal Fluminense, sob nº CAAE: 0154.0.258.000-08

 





OBJN old issues (2002 until 4(2), 2005)

 

 

The articles published in Online Brazilian Journal of Nursing are indexed, classified, linked, or summarized by:

 

Affiliated to:

Sources of Support:

 

The OBJN is linked also to the main Universities Libraries around the world.

Online Brazilian Journal of Nursing. ISSN: 1676-4285

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons:Noncommercial-No Derivative Works License.