Formatting Standards

Normas de formatação quanto a:

IDENTIFICAÇÃO

  1. O TÍTULO deverá ser formatado em

    1. Fonte Verdana, Tamanho 12, no idioma de SUBMISSÃO, letra maiúscula somente na primeira palavra, Negrito, Justificado e espaçamento DUPLO entrelinhas;

    2. Conter o DESENHO DE PESQUISA (MÉTODO) utilizado, preferencialmente no final, precedido de dois pontos (:);

    3. O uso de siglas está vedado, salvo para siglas internacionais

    4. Utilizar letra maiúscula em início de substantivos próprios.

    5. No título e/ou objetivo não deve conter nome do município, salvo em se tratando de capitais, macrorregiões ou país.

    • Ex:
      Study of Unna boot compared to use of elastic bandage in patients with venous ulcers: clinical trial

  2. Os títulos das seções devem estar em letras MAIÚSCULAS COM NEGRITO

    • Ex:
      CONCLUSÃO

  3. A revista NÃO considera QUALITATIVO ou QUANTITATIVO como método, mas sim como abordagem.

  4. Limite de 6 autores.

  5. A versão para submissão não deve constar autoria ou afiliação

NORMALIZAÇÃO

  1. NÃO adicionar numeração nas páginas.

  2. Deverá ser mantido um espaçamento de duas linhas duplas entre as secções do texto.

  3. Adotar o termo MÉTODO em detrimento a metodologia.

  4. As seções RESULTADOS e DISCUSSÃO são obrigatórias e devem ser separadas.

  5. Usar o termo CONCLUSÃO em detrimento a considerações finais.

  6. Número máximo de palavras por seção de submissão:

    TIPO DE SEÇÃO PALAVRAS
    Resumos de tese e dissertações; Notas prévias 1000
    Resultados preliminares; Notas de pesquisa 2000
    Artigos originais e demais seções 5000
  7. O número de palavras é contabilizado do título à última referência, incluindo resumo.

  8. O conteúdo das submissões deverá obedecer a seguinte formatação:

    1. Fonte Verdana, Tamanho 10, Justificado, Espaçamento entrelinhas duplo

    2. SEM recuo de parágrafo

    3. TODAS as margens com 2,5 cm

  9. Citações de dados empíricos, como de entrevistas, devem ser apresentadas em nova linha, em bloco próprio, distinto do texto normal, em itálico e sem aspas, com espaço simples e recuo de 2 cm da margem esquerda.

  10. A data da coleta dos dados deve estar expressa e limitada em ATÉ 3 ANOS ANTES da DATA DE SUBMISSÃO.

  11. O arquivo anexo deverá estar no formato Microsoft Word, até a versão 2003.

  12. Desde 2013 os artigos são o CrossCheck® por conta da atribuição do DOI (Digital Object Identifier) Na eventualidade de indícios de plágio, o artigo não será publicado, tampouco haverá devolução de quaisquer investimentos realizados.

RESUMO

  1. O RESUMO deverá ser estruturado e conter até 150 palavras, espaçamento simples, contendo obrigatoriamente as seguintes secções destacadas em negrito: objetivo(s), método, resultado, discussão, conclusão e descritores. Para o RESUMO, as seções INTRODUÇÃO e CONSIDERAÇÕES FINAIS são opcionais.

  2. Os descritores devem seguir um ordenamento de importância no que se refere à caracterização do manuscrito e constar na lista de Descritores em Ciências da Saúde (DeCS) / Medical Subject Headings (MeSH), disponível em http://regional.bvsalud.org/php/decsws.php ou http://www.ncbi.nlm.nih.gov/Mesh

    • Ex: RESUMO (título da seção em negrito e caixa alta) Problema: Historicamente, a inconsistência no preenchimento dos metadados determina o rechaço de mais de 70% de todas as submissões de publicações em saúde. Justificativa: transcorridos exatos dois anos após a publicação do primeiro curso rápido para autores e a mudança no corpo editorial do OBJN faz-se necessária à instrumentação dos autores com vistas ao atendimento às novas demandas de publicação científica. Objetivo: demonstrar passo-a-passo as etapas da correta execução dos metadados de acordo com as normas do OBJN. Método: estudo descritivo apresentado sob a forma de curso rápido de metadados. Resultados: blocos de imagens e diretrizes para preenchimento. Conclusão: O estabelecimento do guia de preenchimento reduz o tempo de submissão, maximiza a visibilidade do material submetido e do periódico e diminui o índice de rechaço. (corpo do resumo com até 150 palavras justificadas destacando em negrito as seções) Descritores: Acesso à Informação; Autoria e Co-Autoria na Publicação Científica; Enfermagem Baseada em Evidências. (descritores com a primeira letra em maiúscula separados por ponto e vírgula) (dois espaços duplos)

FIGURAS

  1. Todo tipo de representação visual não textual será considerada como figura e limitada a 6 no total: fotografia, gráfico, esquema, fluxograma, tabela etc.

  2. As figuras devem ser numeradas em arábico, de acordo com a ordem de aparição no trabalho, bem como devidamente referenciadas no corpo do texto, acompanhadas de título, ano, local e legenda em fonte Verdana, tamanho 9, espaçamento duplo.

  3. As figuras deverão possuir uma largura máxima de 16 cm e orientação vertical (retrato).

  4. Nas tabelas, os TÍTULOS e o NÚMERO DE IDENTIFICAÇÃO devem vir em uma linha acima da tabela.

  5. Fotografias, que permitam a identificação do sujeito, deverão ser submetidas juntamente com a autorização de direito de imagem e, possuir resolução mínima de 300 dpi e remetidas em formato TIF (Tagged Image File Format). Combinação de gráfico e imagem na mesma figura deve possuir resolução mínima de 500 dpi e formato de envio TIF ou EPS (Encapsulated Post Script)

  6. As figuras deverão ser incorporadas no corpo do texto precedidas da indicação de sua localização em cor de fonte vermelha E anexadas como documentos suplementares

  7. Figuras devem conter: título e fonte; no decorrer do texto eles devem ser mencionados e; devem estar obrigatoriamente em documento anexo em formato EDITÁVEL, como Excel®, Powerpoint® etc.

  8. Remeter imagens como documentos suplementares com indicação no corpo do texto assinalada em vermelho o local de entrada de cada uma delas, de acordo com as seguintes especificações:

    1. Gráficos e tabelas: Microsoft Excel 2003

    2. Diagramas/fluxogramas: Microsoft Powerpoint 2003

    Tutorial para carregamento de documento suplementar pode auxiliar em caso de dificuldades.

REFERÊNCIAS

  1. Nas citações no corpo do texto, o número da referência deverá estar sobrescrito, entre parênteses, após a citação e sucedido de ponto.

    • Ex: O tratamento da insuficiência cardíaca (IC) consiste na otimização de fármacos com impacto comprovado em morbidade e mortalidade(1).

  2. NÃO utilizar o recurso de notas de rodapé/notas de fim do processador de texto

  3. Adotar MINIMAMENTE 5 referências em inglês.

  4. Artigos publicados em mais de um idioma devem ser referenciados em INGLÊS.

  5. As referências, salvo artigos históricos, de revisão ou excepcionalmente autorizados, deverão ter até 5 anos de publicação.

  6. Na seção de REFERÊNCIAS, as publicações deverão ser numeradas na ordem sequencial de aparecimento no copo do texto, no estilo Vancouver, fonte Verdana 10, justificada, espaçamento entrelinhas simples e espaçamento ANTES e DEPOIS = 2 pt.

  7. Quantidade de REFERÊNCIAS por tipo de seção

    TIPO DE SEÇÃO REFERÊNCIAS
    Notas prévias 3
    Resumos de tese e dissertações 5
    Artigos de revisão e bibliométricos 20
    Artigos originais e demais seções 20

    No corpo do artigo TODAS as referências devem ser apresentadas de maneira sequencial. Na seção de REFERÊNCIAS, apresentar TODAS as referências em LISTA ÚNICA, obedecendo as seguintes normas: (i) as referências relacionadas ao artigo (não resultantes do processo de revisão) obedecem àquelas de publicações em geral (limitadas ao número de 20, até cinco anos de publicação, minimamente cinco internacionais); (ii) ao final das referências resultantes do processo de revisão (sem limite de data ou quantidade) deve-se escrever o termo “[incluída na revisão]”, entre colchetes.

    Ex:

    1. Referência relacionadas ao artigo: Magnago C, Pierantoni C, França T, Garcia A, Ney M, Matsumoto K. The influence of family health strategy on health indicators in the municipalities of Rio de Janeiro, Brazil. Online Braz J Nurs (Online) [internet]. 2011 May 3 [Cited 2013 Apr 5] 10(1). Available from: /index.php/nursing/article/view/3211. doi: http://dx.doi.org/10.5935/1676-4285.20113211

    2. Referência incluída na revisão: Lima D. Design of research: a contribution for authors. Online Braz J Nurs (Online) [internet]. 2011 Oct 17 [Cited 2013 Apr 24] 10(2):. Available from: /index.php/nursing/article/view/3648. doi: http://dx.doi.org/10.5935/1676-4285.20113648 [included in the review]

    Trabalhos de revisão deverão ser confeccionados na maior conformidade possível com o preconizado em: Moher D, Cook DJ, Eastwood S, Olkin I, Rennie D, Stroup DF. Improving the quality of reports of meta-analyses of randomised controlled trials: the QUOROM statement. Lancet 1999; Nov 27;354(9193):1896-900.