Editorial Policy

Política Editorial

A revista Online Brazilian Journal of Nursing (OBJN) é um periódico científico online criado em 2002, que tem como missão contribuir com avanço científico de excelência, defendendo a liberdade editorial e a integração global do conhecimento entre instituições, pesquisadores e profissionais da área de Enfermagem, saúde e ciências correlatas.

Sua visão é figurar como revista eletrônica de Enfermagem na América Latina e demais países, a partir do seu reconhecimento pelas melhores bases indexadoras internacionais e defesa da excelência e preceitos éticos.

Os manuscritos podem ser submetidos nos idiomas inglês, português e espanhol para as seções Editorial, Artigo Original, Artigo de Revisão, Carta ao Editor, Pesquisa de Implementação e Inovação e Protocolo de Revisão Sistemática. Estes, devem destinar-se, exclusivamente, à OBJN, exceto em casos de publicações em servidores de preprints.

As submissões realizadas por brasileiros ou autores lusófonos nos idiomas inglês e espanhol são, obrigatoriamente, revisadas externamente por nativos que desconhecem o idioma português (native translation).

Todos os artigos publicados são produzidos nos idiomas inglês, português e espanhol, nos formatos HyperText Markup Language (HTML), Portable Document Format (PDF) e Electronic Publication (EPUB).

A revista OBJN utiliza a licença Creative Commons - Atribuição – Uso Não Comercial – Não a Obras Derivadas (CC BY-NC-ND 4.0) e é de acesso aberto. Utiliza as principais tecnologias para recuperação de informação, indexação, antiplágio, e atribui o Digital Object Identifier (DOI) para todas as publicações, seguindo as boas práticas em editoração científica. A revista segue o sistema de publicação em fluxo contínuo (rolling pass) em quatro números/volume por ano.

Adota checklists de avaliação, sucessivos e eliminatórios em três níveis: (a) pré-análise (metadados, normalização); (b) checklist de método (guias da rede Equator) e; (c) revisão por pares (peer review).

Código de Ética da OBJN

A OBJN assegura os direitos e deveres que dizem respeito aos participantes da pesquisa e à comunidade científica, portanto, não publica manuscritos que não atendam os aspectos ético-legais de pesquisa com seres humanos. As pesquisas envolvendo seres humanos devem atender a Resolução CNS nº 466/2012 (http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf ) e mencionar no corpo do texto o número do parecer de aprovação do projeto de pesquisa por Comitê de Ética reconhecido pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa, do Conselho Nacional de Saúde (http://conselho.saude.gov.br/comissoes-cns/conep/ ), ou equivalente, quando realizada em outro país. Pesquisas envolvendo o cuidado e uso de animais devem respeitar a Lei nº 11.794 (8 de outubro de 2008), regulamentada pelo inciso VII do §1º do Art. 225 da Constituição Federal e seguir o Guide for the Care and Use of Laboratory Animals (https://olaw.nih.gov/sites/default/files/Guide-forthe-Care-and-Use-of-Laboratory-Animals.pdf ) e a Diretriz Brasileira para o Cuidado e a Utilização de Animais para Fins Científicos e Didáticos do Conselho Nacional do Controle de Experimentação Animal (CONCEA), disponível em ( https://www.sbcal.org.br/conteudo/view?ID_CONTEUDO=65). A OBJN atende as recomendações do Comitê Internacional de Editores de Periódicos Médicos (International Committee of Medical Journal Editors - ICMJE), quanto as funções e responsabilidades dos autores, revisores, editores e proprietários; questões de publicação e editoração em revistas médicas, e; preparação e submissão de manuscritos (http://www.icmje.org/icmjerecommendations.pdf ). Portanto, os editores e demais membros da equipe editorial se abstêm de tomar decisões caso haja quaisquer conflitos de interesses ou relacionamentos vinculados aos artigos sob apreciação.

Ressalta-se também a recomendação do registro em um sistema de registro público de ensaios clínicos e as diretrizes metodológicas sugeridas na rede equator (https://www.equatornetwork.org/).

A OBJN é afiliada a Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC) e atende as recomendações para editores e autores do Code of Conduct and Best Practice Guidelines for Journal Editors, do Commitee on Publication Ethics (COPE), disponível em ( http://publicationethics.org/international-standards-editors-and-authors ).

Para manutenção de sua reputação acadêmica, a OBJN adota o Ithenticate para verificação de plágio em manuscritos. Diante de situações de plágio e auto-plágio, o manuscrito será encaminhado ao Conselho Editorial para avaliação das penalidades (recusa imediata do manuscrito e suspensão de publicação de todos os autores por um ano). Em caso de manuscritos oriundos de dissertações e/ou teses, o autor correspondente deve notificar o Editor Chefe durante a submissão.

A OBJN aceita publicações em servidores de preprints, valorizando o desenvolvimento da comunicação científica de acesso aberto, desde que, o Editor Chefe seja notificado.

Tipos de Manuscritos Aceitos na Online Brazilian Journal of Nursing

Editorial: expressa a política e filosofia da OBJN e aponta para áreas emergentes que merecem reflexão pela comunidade científica. Os editoriais podem ser solicitados a pesquisadores a convite do Editor Chefe/Adjunto e devem abordar temática atual.

Artigos originais: são estudos quantitativos (clínicos ou não), qualitativos ou mistos. Todas as modalidades de estudo terão, igualmente, espaço para publicação na OBJN. Quando se tratar de estudos quantitativos experimentais terão prioridade de publicação os ensaios clínicos randomizados, mas desenhos quase-experimentais também podem ser publicados. Os estudos observacionais podem ser do tipo caso-controle, longitudinal e transversal. São aceitos também estudos de acurácia, metodológicos, estudos de caso, série de casos e estudos qualitativos. Todos os manuscritos de pesquisa original devem incluir uma introdução com descrição clara e concisa da lacuna e objetivos, envolvendo relevância, justificativa, literatura atual, estrutura teórica ou orientação filosófica, tipologia (design, método ou desenho de estudo), os participantes, a coleta de dados e a análise de processos e procedimentos, proteções éticas, questões e abordagens de legitimidade e credibilidade, descobertas e implicações dessas descobertas.

Artigos de Revisão: Serão aceitos estudos de revisão, com alto rigor metodológico, nas modalidades de revisões sistemáticas e Scoping Review. Estes devem guiar-se pelo PRISMA (Revisões sistemáticas da literatura e meta-análises) ou PRISMA ScR (Scoping Review) e ter seus protocolos registrados no PROSPERO (https://www.crd.york.ac.uk/prospero/), OSF (https://osf.io/) ou equivalente, disponíveis em sites de acesso livre.

Pesquisa de Implementação e Inovação: são artigos longos que apresentam a descrição de estudos de implementação, pesquisas aplicadas a prática profissional e ou desenvolvimento de inovação tecnológica. Estas devem seguir o guia do Squire (https://www.equator-network.org/reportingguidelines/squire/) e conter, obrigatoriamente: background (estado da arte ou da técnica), problema (diagnóstico atual), solução proposta para o problema, diferencial da tecnologia, benefícios, resultados da tecnologia e potencial de mercado.

Protocolos de estudos de revisão sistemática e de escopo: Os estudos desta categoria devem seguir alto rigor metodológico, ter registro no International prospective register of systematic reviews - PROSPERO para revisões sistemáticas (https://www.crd.york.ac.uk/prospero/) e para as revisões de escopo, os autores são encorajados a registrar seu protocolo na Open Science Framework – OSF (https://osf.io/). O número de registro relatado no manuscrito. As diretrizes de relatório na declaração Preferred Reporting Items for Systematic Review and Meta-Analysis Protocols - PRISMA-P (https://www.equator-network.org/reporting-guidelines/prisma-protocols/) e para Revisões de Escopo - PRISMA-ScR (https://www.equator-network.org/reporting-guidelines/prisma-scr/).

Carta ao Editor: trata-se do envio de comentários, perguntas e/ou críticas sobre artigos publicados.

ATENÇÃO: Todos os estudos devem seguir as normas de formatação e escrita e as diretrizes disponíveis em: https://www.equator-network.org/.