Internal Regiment

  • CAPÍTULO I - Da Conceituação e localização

    • Art. 1. Está vinculado à Direção da Unidade da EEAAC/UFF e sua administração é regida pelo presente regimento.

    • Parágrafo único - Não obstante o fato de constituir-se em um periódico online, o OBJN, na atualidade, está fisicamente situado nas dependências da UFF, à Rua Dr. Celestino, nº 74, sala 15, Centro, Niterói (RJ), Brasil, CEP 24020-091.

  • Capítulo II - Da missão

    • Art. 2 - Missão: Registrar, divulgar e recuperar informação científica de alta evidência, defendendo a liberdade editorial e a integração global do conhecimento entre pesquisadores e profissionais da área de enfermagem, saúde e das ciências socialmente aplicadas.

  • Capítulo III – Da visão

    • Art. 3 - Visão: Figurar como melhor revista eletrônica de enfermagem na América Latina, a partir do seu reconhecimento pelas maiores bases indexadoras internacionais e defesa inalienável da excelência, agilidade e preceitos éticos nas publicações em saúde e das ciências socialmente aplicadas.

  • Capítulo IV – Do objetivo

    • Art. 4 - Objetivo: Proporcionar o intercâmbio de conhecimento entre pesquisadores brasileiros e internacionais e profissionais da área de saúde e das ciências socialmente aplicadas.

  • Capítulo V - Da licença

    • Art. 5 - O OBJN utiliza a licença Criative Commons Atribuição – Uso Não Comercial – Não a Obras Derivadas (CC BY-NC-ND 3.0) e é de acesso aberto.

  • Capítulo VI - Dos idiomas e formatos de publicação

    • Art. 6 - O OBJN é produzido nos seguintes idiomas: português, inglês e espanhol e; adota em todos os seus artigos os seguintes formatos: HyperText Markup Language (HTML), Portable Document Format (PDF) e Electronic Publication (EPUB).

    • Parágrafo primeiro - As submissões realizadas por brasileiros ou autores lusófonos nos idiomas inglês e espanhol são, obrigatoriamente, revisadas externamente por nativos que desconhecem o idioma português (native translation), mediante a contra-apresentação de nota fiscal emitida por pessoa jurídica.

    • Parágrafo segundo - O advento de novos formatos de publicações, em consonância com os avanços da web 2.0 e instada web 3.0, poderão fomentar a adição de novos formatos, seguindo propositura do Editor Chefe.

    • Parágrafo terceiro - Em conformidade com bases indexadoras de relevância no meio científico, salvaguarda de aspectos antiplágio e recuperação de informação, o OBJN adota a metodologia DTD SciELO e atribui o Digital Object Identifier (DOI) para todos as publicações.

  • Capítulo VII - Do processo de revisão

    • Art. 7 - O OBJN adota checklists de avaliação, sucessivos e eliminatórios em três níveis: (a) pré-análise (bibliotecário); (b) método (editor de seção) e; (c) opinião de experto por meio de revisão cegada por pares (peer review blinded).

    • Parágrafo único - O conteúdo dos checklists estão disponíveis no website do OBJN e em sua wiki page: http://www.objnursing.uff.br e http://www.objnursing.uff.br/wiki

  • Capítulo VIII - Da estrutura organizacional

      • Art. 8 - A Equipe Editorial do OBJN é composta pelos seguintes Grupos Editoriais: Editor Chefe; Editor Adjunto; Editores Associados; Conselho Editorial; Editores de Seção; Conselho Consultivo; Revisores e Equipe Técnica.

      • Parágrafo primeiro – O Proprietário em exercício do OBJN é o Diretor(a) ou Vice-Diretor(a) da Unidade. Proprietário e Editor de revista têm um esforço em comum, a publicação de uma revista confiável, de fácil leitura, produzida respeitando todos os objetivos pretendidos e os custos. Proprietário e Editor, no entanto, têm funções diferentes. O proprietário tem o direito de nomear e afastar o Editor e tomar decisões de negócios, nas quais o Editor deve estar envolvido, na medida do possível.

      • Parágrafo segundo - O Editor Chefe, doravante denominado apenas Editor, constitui-se em cargo de confiança do Diretor da Unidade e por ele indicado. O Editor é a pessoa responsável por todo o conteúdo da revista. O Editor deve ter total autoridade para determinar o conteúdo editorial da revista. O conceito de liberdade editorial deve ser resolutamente defendido pelo Editor, chegando ao ponto de colocar seu cargo à disposição. Para garantir esta liberdade na prática, o Editor deve ter acesso direto ao mais alto nível de propriedade. Um conselho editorial independente pode ser útil em ajudar o editor a estabelecer e manter políticas editoriais. Atribuições:

        1. Constituir-se no Coordenador do Projeto Online Brazilian Journal of Nursing, regularmente inscrito no SigProj (http://sigproj1.mec.gov.br/index.php), Proplan, Proex e Proger;

        2. Elaborar conjuntamente com o Editor Adjunto o Plano de Trabalho quadrianual - Projetos não contemplados na Resolução CUV nº 155/2008;

        3. Referendar a indicação do Editor Adjunto designado pela Direção da Unidade;

        4. Definir a política editorial;

        5. Cumprir e fazer cumprir o presente regimento;

        6. Indicar dois dos três Editores Associados, de acordo com a política editorial;

        7. Indicar o Conselho Editorial, de acordo com a política editorial;

        8. Indicar os Editores de Seção, de acordo com a política editorial;

        9. Indicar o Conselho Consultivo, de acordo com a política editorial;

        10. Supervisionar os trabalhos de toda a Equipe Técnica;

        11. Convocar reunião da Equipe Editorial em sessões ordinárias mensais e, extraordinariamente de acordo com a necessidade de serviço;

        12. Representar externamente o OBJN.

      • Parágrafo terceiro - Uma das três vagas de Editor Associado será exercida, necessariamente, pela Direção da Unidade, representada pelo Diretor(a) ou Vice-Diretor(a), proprietário em exercício, do OBJN. Atribuições do Editor Adjunto:

        1. Elaborar conjuntamente com o Editor Chefe o Plano de Trabalho quadrianual - Projetos não contemplados na Resolução CUV nº 155/2008;

        2. Apoiar o Editor Chefe no cumprimento do presente regimento;

        3. Substituir o Editor Chefe nos seus impedimentos;

        4. Desempenhar o papel de articulador interno dos interesses do OBJN junto as diferentes instâncias da Unidade;

        5. Supervisionar o cronograma planejado em conjunto com o Editor Chefe sobre as atividades desempenhadas pela Equipe Técnica;

        6. Desempenhar, eventualmente, as atividades de Editor de Seção e Revisor, de acordo com as necessidades de serviço;

        7. Elaborar pauta de reunião ordinária e extraordinária após consulta ao Editor Chefe;

        8. Decidir acerca da aprovação e rejeição de material submetido, com base na recomendação do Editor de Seção.

      • Parágrafo quarto - Atribuições do Editor Associado:

        1. Apoiar o Editor Chefe e Adjunto no cumprimento do presente regimento;

        2. Identificar potenciais revisores e consultores ad hoc internacionais com base em critérios de qualidade definidos pela política editorial;

        3. Indicar ao Editor Chefe e Adjunto potenciais revisores e consultores ad hoc internacionais com base em critérios de qualidade definidos pela política editorial;

        4. Monitorar sistematicamente a abertura de Editais de Fomento a Periódicos Científicos;

        5. Apresentar ao Editor Chefe minuta de submissão de proposta a Editais de Fomento a Periódicos Científicos;

        6. Articular junto às instâncias internas da UFF, e externamente, projetos de interesse do OBJN;

        7. Desempenhar, eventualmente, as atividades de Editor de Seção e Revisor, de acordo com as necessidades de serviço;

        8. Representar externamente o Editor Chefe ou Adjunto nos seus impedimentos;

        9. Comparecer minimamente a três quartos das reuniões convocadas pelo Editor Chefe, cabendo justificativas de ausência, a serem avaliadas posteriormente.

      • Parágrafo quinto - Atribuições do Editor de Seção:

        1. Aplicar checklist de método;

        2. Identificar potenciais revisores com base em critérios de qualidade definidos pela política editorial;

        3. Cadastrar potenciais revisores com base em critérios de qualidade definidos pela política editorial;

        4. Desenvolver nichos de revisores estratificados por expertise;

        5. Fidelizar revisores com base em critérios de qualidade definidos pela política editorial;

        6. Designar os revisores para a avaliação de submissão que tenha obtido Score maior ou igual a 8,0 após aplicação do que trata o item a do presente parágrafo;

        7. Emitir recomendação ao Editor Chefe / Adjunto quanto à decisão a ser tomada acerca de cada submissão por ele gerenciada;

        8. Comparecer minimamente a três quartos das reuniões convocadas pelo Editor Chefe, cabendo justificativas de ausência, a serem avaliadas posteriormente.

      • Parágrafo sexto - O Conselho Editorial é constituído por professores da UFF que apresentem desempenho de produção acadêmica, notoriedade externa, disponibilidade para realização de revisões em consonância com a política editorial e cujas atribuições são:

        1. Realizar revisões sempre que solicitados, de acordo com a demanda da revista;

        2. Auxiliar os editores na condução da linha editorial da revista;

        3. Redigir editoriais, por convite;

        4. Comparecer minimamente a três quartos das reuniões convocadas pelo Editor Chefe, cabendo justificativas de ausência, a serem avaliadas posteriormente.

      • Parágrafo sétimo - O Conselho Consultivo é constituído por Professores externos à UFF, seja em âmbito nacional ou internacional, que tem como atribuições:

        1. Defender os interesses do OBJN em todos os cenários de representação onde atuem;

        2. Estimular a coautoria entre autores nacionais e internacionais com vistas à publicação no OBJN;

        3. Estimular a coautoria entre autores nacionais e internacionais com vistas à publicação no OBJN;

      • Parágrafo oitavo - O Comitê Editores do Futuro constitui-se num grupo de estudantes de graduação e pós-graduação que desempenharão um estágio extracurricular, supervisionados por um docente indicado e pelo Editor Chefe. As bases do Edital de Seleção foram apresentadas aos programas de Pós-Graduação Stricto Sensu da EEAAC e, aguarda deliberação. Assim, o processo seletivo stricto sensu fica, sine die, realizado internamente pelo OBJN, doravante incorporando alunos de graduação e lato sensu, até que os programas se tomem ciência e se pronunciem.

      • Parágrafo nono - Equipe Técnica e atribuições:

        1. Secretária: Recebimento e encaminhamento de processos e ofícios; agendamento de sala para reuniões e envio prévio de pauta à Equipe Editorial; atendimento ao público; confecção das versões em HTML, PDF e marcação DTD SciELO; aplicação do checklist de edição;

        2. Bibliotecário: aplicar o checklist de Pré-Análise; atendimento aos autores; normalização; indexação de edições e artigos nas bases de dados; confecção de footnotes para artigos em PDF; ministrar cursos de curta duração na área de ciências da informação à equipe editorial; corresponsabilizar-se pelo projeto Bibliotecário Júnior; aplicação do checklist de edição;

        3. Técnico de Informática: desenvolvimento de ferramentas computacionais, suporte a hardwares; alimentação da Wiki Page; confecção das versões HTML, PDF e EPUB; tratamento de imagens; suporte ao Open Journal Systems (OJS); ministrar cursos de curta duração na área de informática à equipe editorial; marcação DTD SciELO; envio de arquivos via FTP.

        4. Estagiários e Bolsistas: composição do Comitê de Editores de Futuro.

     

  • Capítulo IX - Das empresas habilitadas à prestação de serviços de editoração no OBJN

    • Art. 9 - As empresas habilitadas à prestação de serviços de editoração no OBJN são regidas de acordo com o "Termo de referência para formação de banco de prestadores de serviços de idiomas ao Online Brazilian Journal of Nursing" encaminhado à Procuradoria Geral da UFF (Proger) de acordo com a legislação vigente.

  • Capítulo X - Do patrimônio

    • Art. 10 - Todo material de consumo, permanente ou recurso obtido pelo OBJN por meio de doações, editais, cessões ou quaisquer outras modalidades serão de propriedade da Unidade e registradas no patrimônio da Universidade, de acordo com a legislação vigente.

  • Capítulo XI - Disposições gerais e transitórias

    • Art. 11 - O presente Regimento tem caráter retroativo, revogando as disposições anteriores e passa a viger a partir da data de sua publicação;

    • Art. 12 - O presente Regimento poderá ser modificado a qualquer momento por deliberação aprovada por comissão formada pelo Editor Chefe, Editor Adjunto e Editores Associados.

    • Parágrafo primeiro - Toda a Equipe Editorial, bem como a comunidade da UFF poderá apresentar propostas de modificações do Regimento, a serem veiculadas por componente previsto no Art. 13;

    • Art. 13.

    • Art. 14- O Colegiado de Unidade constituir-se-á na instância deliberativa e de aprovação das ações do OBJN.

    • Art. 15 - O presente Regimento, após aprovação pelo Colegiado de Unidade, estará integralmente disponível para consulta em http://www.objnursing.uff.br.

    • Parágrafo segundo – O presente regimento foi aprovado por unanimidade em plenária na Reunião de Colegiado de Unidade, realizada no dia 07 de janeiro de 2014, na sala 6 da Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa, sito à rua Dr Celestino 74, centro, Niterói (RJ).