Imagem para capa

Análise reflexiva sobre os aspectos sociais do HIV/Aids: feminização, discriminação e estigma

Octavio Muniz da Costa Vargens, Tainara Serodio Amim Rangel

Resumo


A Aids sempre esteve rodeada por tabus, preconceitos e discriminação. Fato influenciado por seu histórico e sua construção social. Objetivo: Analisar a influência dos fatores: discriminação, preconceito e feminização do Hiv, em importantes aspectos sociais do individuo. Método: Foi realizado um resumo histórico do Hiv, seguido de uma análise reflexiva de pesquisas que tratavam do comportamento social do portador do vírus, e da sociedade, assim como estes fatores interferem em sua vida social. Discussão: Observou-se que a sociedade mantém um comportamento de exclusão dos portadores do Hiv, o que determina um comportamento de auto-exclusão desses indivíduos. Conclusão: Sendo o estigma um atributo construído socialmente, é necessário intensificar os debates acerca do assunto, buscando desconstruir a antiga imagem do portador do Hiv, e contribuir para o surgimento de indivíduos portadores do Hiv inseridos na sociedade, participantes nas relações sociais.

Descritores: Hiv; Síndrome da Imunodeficiência Adquirida; Feminização; Preconceito; Educação em saúde.

Recebido: 03/08/2011

Aprovado: 24/01/2012


Descritores


Ciências da Saúde; Enfermagem; Enfermagem em Doenças Infecciosas; Enfermagem em Saúde Pública; Saúde Pública; Epidemiologia.

Texto completo:

HTML PDF

Referências


Parker R, et al. A Aids no Brasil. Rio de Janeiro: Relume-Dumara; 1992.

Almeida MRCB de, Labronici LM. A trajetória silenciosa de pessoas portadoras do HIV contada pela história oral. Cien Saude Colet [periódico na Internet]. 2007 Mar [citado 2011 Fev 22]; 12(1): 263-274. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000100030&lng=pt. doi: 10.1590/S1413-81232007000100030.

Parker R, Galvão J. Quebrando o Silêncio: mulheres e Aids no Brasil. Rio de Janeiro: Relume-Dumara; 1996.

Brito AM de, Castilho EA de, Szwarcwald CL. AIDS e infecção pelo HIV no Brasil: uma epidemia multifacetada. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [serial on the Internet]. 2001 Apr [cited 2010 Jan 24] ; 34(2): 207-217. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0037-86822001000200010&lng=en. doi: 10.1590/S0037-86822001000200010.

Parker R, Camargo JRKR. Pobreza e Hiv/Aids: aspectos antropológicos e sociológicos. Cad Saúde Pública. 2000; 16(Sup.1): 89-102.

Alves VH, Pereira AV, Rangel TSA. O papel do enfermeiro no pré-natal de gestantes soropositivo para o HIV. Rev. Enfermagem Brasil. 2008; 7(2):79-85.

Paiva MS. Vivenciando a gravidez e experenciando a soropositividade para o HIV [tese]. São Paulo: Universidade de São Paulo (USP); 2000.

Silva CM, Vargens OM da C. A percepção de mulheres quanto à vulnerabilidade feminina para contrair DST/HIV. Rev. esc. enferm. USP [periódico na Internet]. 2009 Jun [citado 2011 Jul 18] ; 43(2): 401-406. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S008062342009000200020&lng=pt. doi: 10.1590/S0080-62342009000200020.

Santos TL, Abud ACF, Inagaki ADM. Vulnerabilidade às Doenças Sexualmente Transmissíveis entre Mulheres com Alta Escolaridade. Rev. enferm. UERJ. 2009; 17(4):502-5.

Paiva SS, Galvão MTG. Sentimentos diante da não amamentação de gestantes e puérperas soropositivas para HIV. Texto contexto - enferm. [periódico na Internet]. 2004 Set [citado 2012 Jan 22]; 13(3): 414-419. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072004000300011&lng=pt. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072004000300011.

Brasil. Ministério da Saúde. Boletim Epidemiológico Aids/DST. [online]. 2011 [acesso 2012 jan]; Versão Preliminar: Ano XII - Nº 01 de 26ª a 52ª Semanas epidemiológicas - julho a dezembro de 2010; de 01ª a 26ª semanas epidemiológicas – janeiro a junho de 2011. Disponível em: http://www.aids.gov.br/sites/default/files/anexos/publicacao/2011/50652/boletim_aids_2011_preliminar3_pdf_20265.pdf

Garcia Sandra, Koyama Mitti Ayako Hara. Estigma, discriminação e HIV/Aids no contexto brasileiro, 1998 e 2005. Rev. Saúde Pública [periódico na Internet]. [citado 2012 Jan 22]. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102008000800010&lng=pt. http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102008000800010.

Padoin SMM, Souza ÍEO. A compreensão do temor como modo de disposição da mulher com HIV/AIDS diante da (im)possibilidade de amamentar. Texto contexto - enferm. [serial on the Internet]. 2008 Sep [cited 2012 Jan 19] ; 17(3): 510-518. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072008000300012&lng=en. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072008000300012.

Barroso L, Carvalho C, Araújo T, Galvão M. Self-care of a woman with AIDS: a model of nursing care Online Brazilian Journal of Nursing.[serial on the internet]. 2006 agosto 5; [cited 2011 julho 29]; 5(2): Available from: http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/289.

Carvalho CML, Galvão MTG. Enfrentamento da AIDS entre mulheres infectadas em Fortaleza - CE. Rev. esc. enferm. USP [periódico na Internet]. 2008 Mar [citado 2012 Jan 22]; 42(1): 90-97. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342008000100012&lng=pt. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342008000100012.




DOI: http://dx.doi.org/10.5935/1676-4285.20120022



OBJN old issues (2002 until 4(2), 2005)

 

 

The articles published in Online Brazilian Journal of Nursing are indexed, classified, linked, or summarized by:

 

 

Sources of Support:

 

The OBJN is linked also to the main Universities Libraries around the world.

Online Brazilian Journal of Nursing. ISSN: 1676-4285

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons:Noncommercial-No Derivative Works License.